sexta-feira, 10 de junho de 2011

Cremes anti-celulíticos

Dê as costas à celulite com os novos cremes
   Os cremes anticelulite sozinhos não fazem verão. Sabemos que, se não fizermos pelo menos um pouco de actividade física e mexermos na alimentação, ficará difícil vermos resultados. Mas ninguém duvida – nem os médicos! – que os cosméticos são excelentes coadjuvantes no combate aos furinhos, principalmente os que foram provocados por problemas circulatórios. “As substâncias encontradas nesses produtos realmente melhoram a vascularização e auxiliam na quebra das células de gordura, deixando a pele mais lisa”, afirma o dermatologista Aldo Toschi. Conhece alguns dos principais activos novos contra a celulite. Vale ressalvar que a frequência e o tempo de uso do produto também são importantes. Em geral, recomenda-se aplicar o creme duas vezes ao dia, no mínimo durante dois meses. Mãos à obra!
   Nunca houve tanta oferta de cremes anti-celulite como agora. Por isso, convém conhecer um pouco sobre os  novos princípios activos para que consigas escolher qual deles vai resolver o teu problema, fazendo valer cada cêntimo e tempo investidos nessa batalha.

 
AS NOVAS APOSTAS



Carbocisteína

A molécula derivada de um aminoácido aumenta a produção de colágeno e previne o acúmulo de glicose nessas fibras – quando isso acontece, elas ficam endurecidas, aprisionam as células adiposas e pioram o aspecto da celulite. Daí ser uma boa indicação para as depressões mais profundas.


Carnitina

Aminoácido que tem a função de estimular as mitocôndrias, que são as unidades de energia das células, a fim de acelerar o processo de quebra da gordura. É indicada para celulite leve associada à gordura localizada.


Elastinol+R
Essa proteína fibrosa e elástica, produzida naturalmente pelo organismo, é reproduzida em laboratório para estimular a produção de colágeno e regular a de elastina. Como conseqüência, a pele fica mais firme e lisa. Ideal para celulite leve

Peptideos

Formados pela ligação de dois ou mais aminoácidos, que são os “tijolos” da proteína, auxiliam no bom funcionamento da pele – por isso, podem ser usados tanto para prevenir quanto para amenizar o aspecto de casca de laranja.


Retinol

O ácido derivado da vitamina A provoca a descamação da pele, deixando-a mais fina e, com isso, facilitando a penetração de outros ac tivos. Também promove a reorganização do colágeno, conferindo maior elasticidade e firmeza à pele que tenha celulite leve ou profunda.


Soja
O extrato do grão incentiva a multiplicação e a organização das fibras de colágeno e elastina, amenizando as ondulações. Mais indicado para quem “ganhou” celulite por ter emagrecido.


Xantolinina

A molécula encontrada num tipo de pimenta é capaz de estimular o mecanismo natural de metabolização de gordura e açúcar dentro das células, transformando-os em calor. Como resposta, há um aumento na lipólise e a inibição do armazenamento de gordura. É indicado para todos os graus de celulite.
Agora só tens de procurar estes componentes no próximo creme anti-celulite que comprares.
Mensagem By Beauty Blogger Paula Marques cosmeticos

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pesquisar Aqui